Académica vs Benfica ... e Elmano Santos

O Benfica deslocou-se hoje a Coimbra para defrontar a Académica, que vinha de uma serie de resultados negativos. A conhecer os resultados obtidos pelos mais directos adversários, o Benfica jogava para manter a diferença de 8 pontos para o Porto, e para alcançar uma diferença pelos menos números para o Sporting.


A fazer jus às últimas exibições, o Benfica entrou em campo muito forte encostando com alguma naturalidade a Académica às cordas. Depois de duas oportunidades clamorosas desperdiçadas pelo Benfica, Salvio sofreu uma falta à entrada da área. Cardozo encarregou-se da cobrança do livre directo, rematando com muita força uma bola que viria a embater em Saviola e a entrar na baliza da Académica. Problema? O auxiliar de Elmano Santos não viu Saviola um metro adiantado em relação ao penúltimo homem da Académica, validando o golo de forma errada.

"Está tudo louco", pensei eu. "Será que o Benfica vai, finalmente, ganhar um jogo com a ajuda do árbitro?", comentei com uns amigos. "Tem calma, ainda falta muito jogo", respondeu-me um amigo. Dito e feito, Elmano Santos só aguentou 11 minutos até voltar a fazer asneira.

Não sou a favor da lei das compensações, mas Elmano Santos deve de gostar e preferiu não marcar um penalti claro sobre Fábio Coentrão aos 29 minutos da primeira parte. 1-1 em erros!

Entre os dois momentos de cegueira da equipa de arbitragem, realce para os falhanços incríveis de Salvio e de Carlos Martins, que falharam golos isolados (com e sem guarda redes).

Ao minuto 36, numa altura em que a Académica parecia querer entrar no jogo, Pape Sow resolveu dificultar a vida dos Estudantes e foi expulso (bem expulso) por agressão a Cardozo. Ao contrário do que se previa, esta expulsão fez mal ao Benfica, que aproveitou o que faltava do jogo para relaxar, relaxamento esse que poderia ter trazido problemas.

Ao longo da segunda parte, a Académica refugiou-se no seu meio campo, procurando as saídas rápidas para por em alvoroço a defensiva do Benfica. Por duas situações conseguiu mesmo criar perigo através de Amauri e Sougou.

Até ao fim do jogo, destaque para duas ou três situações de golo e claro... Elmano Santos que decidiu melhorar a sua exibição, fechando os olhos a mais um penalti (aos 74 minutos) a beneficiar o Benfica, por corte com a mão dentro da área (e vão 12 penaltis em 16 jogos - até parece piada...).

No final do jogo, 0-1 para o Benfica, que se justifica pela superioridade demonstrada ao longo de todo o jogo. Contudo, nota negativa pela atitude dos jogadores do Benfica depois da expulsão de Sow, que relaxaram em demasia. Nota negativa ainda para o excesso de golos falhados pelos jogadores do Benfica e para a dificuldade em distinguir pitons de alumínio de pitons de borracha (alguém reparou?).

Por fim, faço questão de deixar o pior... Como é que é possível uma equipa de arbitragem ter erros tão graves? Há jogos em que erra um fiscal de linha, outros em que erra o árbitro...Neste jogo, conseguiram errar todos os elementos da equipa de arbitragem. Uma vergonha! Aqui está o resultado final do árbitro:

1º Golo do Benfica é irregular;
2º Cartão amarelo a David Luiz (suspenso para o próximo jogo) é ridículo.
3º Penalti por assinalar por falta sobre Fábio Coentrão;
4º Na sequência do 3º, amarelo mostrado a Coentrão, que viria mais tarde a resultar na expulsão do jogador do Benfica;
5º Segundo cartão amarelo por mostrar a Hélder Cabral por corte com a mão.
5º Livre indirecto mal assinalado, por atraso ao GR, a favorecer o Benfica. Fez lembrar o lance de Polga e Stoic contra o Porto;
6º Penalti por assinalar, a favor do Benfica, por mão na bola de Amauri.

Enfim...é o que temos!

... e há quem lhe chame mérito!

8 comentários:

Anónimo disse...

Tal como não ficou bem aos adeptos do Porto, dos quais eu não me enquadro, passarem a vida a falar de túneis e arbitragens durante um ano em que desde cedo ficaram fora do alcance do benfica, também não fica nada bem aos adeptos do benfica passarem a vida a falar mal das arbitragens quando estão a pelo menos 8 pontos do porto desde quase o início do campeonato.

Alguém que comece por dar o exemplo!

Antonio disse...

Anónimo,

Com os árbitros e os mecanismos que envolvem o futebol Português é quase obrigatório falar em árbitros. Muitas vezes, se numa análise a um jogo, nos abstrairmos de falar de árbitros...quase que nos arredamos de falar do jogo.

Se esses 8 pontos de diferença tiverem os árbitros como maior influência, porque não podemos falar deles?

Acho que as pessoas deve ser livres, e usar essa liberdade para debater todos os assuntos, respeitando sempre a liberdade dos outros.

Há desculpas para tudo, umas com fundamento e outras não. Cabe-nos a nós fundamentar as opiniões.

cumps

Antonio disse...

Brilhante a capa do "jornal" ojogo... Ainda falam do "aBola".

Tristes...

Fox disse...

Portanto o Benfica chegou aos 3 pontos por via de um golo aos 18 minutos da primeira parte marcado em posição de fora de jogo, não particularmente difícil de marcar visto que o Saviola estava atrás da barreira.

Segundo o meu critério, e as regras da FIFA, aquilo não foi mão, mas, como tu próprio disseste em tempos a decisão errada influenciou o decorrer do jogo e como tal o Benfica foi beneficiado.

Não vi o jogo, mas tendo em conta que o Benfica apenas teve de segurar o resultado contra 11 durante 18 minutos, e que durante os restantes 54 minutos (mais compensações) jogaram contra 10 e não marcaram... porque é que tentas encobrir o facto de terem sido beneficiados com mais um chorrilho de erros de arbitragem?

Não discuto que sejam todos perfeitamente válidos, mas agora as tuas contas do 8-6=2 já não serão tão lineares assim.

Antonio disse...

Muito gostas tu de descontextualizar o que eu digo... Se não soubesse que és um rapaz ocupado (lol) pedia-te para ires procurar o post em que eu disse tal coisa. Verias com facilidade que o contexto em que poderei ter dito isso não tem qualquer ligação com este.

Mas não precisas de ter dar ao trabalho. Na minha opinião, o Benfica foi beneficiado na forma como chegou ao golo (é óbvio), mas numa análise geral ao jogo rapidamente se percebe que não foi beneficiado no desfecho do jogo... Se o golo não tivesse sido validado, estava 0-0 aos 18 minutos...pela tua óptica, seria impossível o Benfica vencer o jogo por duas razões:

1º O Benfica não conseguiria marcar um golo à Académica;

2º A Académica (que até então não tinha passado o meio campo) iria passar a dominar o jogo e como tal as situações de penalti nunca teriam acontecido;

3º O jogador que foi expulso da Académica estaria bem mais calmo e não teria agredido Cardozo.

O resultado final seria claramente 0-0, o que significa que o árbitro ofereceu 2 pontos ao Benfica.

Pelo que escreves, acho que a tua análise deve ser esta... ou não?

Sem citares outras pessoas e sem ironia à mistura, dá lá a tua opinião... estou curioso!

O Anónimo disse...

Fox = Deus !

Grande Resposta! Subscrevo integralmente.

Acrescentaria ainda mais que a expulsão justa do jogador da académica é causada pelo descontrolo emocional de um jogador que vê que a sua equipa a ser empurrada para a derrota, após um golo do mais polémico que pode haver!

O companheiro António só deve ter visto o Benfica depois de ter marcado o golo irregular!

Ao contrário do que o seu comentário/pseudo-análise diz ou demonstra, o Benfica antes do golo foi uma autêntica nulidade e nada tinha feito ainda para merecer a vantagem. Inclusive entrou mal no jogo e jogou mal a restante partida (mesmo com +1 jogador) e a prova disso está exactamente que não mais conseguiram alterar o marcador e o empate da académica esteve mesmo a escassos centímetros de acontecer e sinceramente seria o mais justo pelo que a limitada equipa da académica conseguiu fazer mesmo tendo sido prejudicada da forma como foi logo nos minutos iniciais.

O Benfica antes do golo ilegal, teve mais poder ofensivo o que é natural, pois não vale a pena sequer comentar a diferença de potencial das duas equipas, nem sequer tocar no ponto dos orçamentos e qualidades de cada equipa nem sequer convém tocar nem falar que o Académica tinha 3 jogadores titulares e indiscutiveis indisponíveis!

Queira-se igualmente frisar e acrescentar que um dos indisponíveis em jeito de curiosidade já tem contrato assinado pelo Benfica para a próxima época.

Vamos nós no segundo jogo consecutivo nisto!

Mais capítulos se seguirão.

Abraço Fox.

Antonio disse...

Boa análise ao jogo Anónimo (admite lá...não viste o jogo pois não?).

Quando li o teu 3º paragrafo pensei que era um comentário cheio de humor...mas depois percebi que era mesmo a tua opinião :D!

Ah...e o Benfica realmente não jogou nada, nem criou perigo, ao contrário da Académica que fez o Roberto fazer a melhor exibição de sempre :P

Ah...já agora...junta aí à tua azia o facto do Nuno Coelho estar lesionado há pelo menos duas semanas... xiu... não digas a ninguém, continua a acreditar nessas coisas :)

Fica bem... :)

Markus disse...

LOL. Vocês não existem! Obrigado por estes momentos Fox e Anónimo.

CARREGA BENFICA!

Enviar um comentário

 
Trio Galático. Design by Wpthemedesigner. Converted to Blogger Template by Anshul