Mundial 2010: Brasil vs Holanda

Brasil e Holanda encontraram-se hoje no primeiro jogo dos quartos de final do Campeonato do Mundo de 2010. A história, as estrelas e a fama dava clara vantagem ao Brasil à partida para este jogo. Contudo, a Laranja Mecânica mostrou que é preciso mais do que um Brasil que joga só 45 minutos para fazer sumo...

O jogo começou divido, com as equipas a exercerem forte pressão no meio campo, impossibilitando a equipa adversária grandes trocas de bola. Contudo, ao passar dos 5 minutos o Brasil soltou-se, e nas asas de Robinho, Kaka e Daniel Alves encostaram a equipa da Holanda às cordas sem apelo nem agravo.

Não foi portanto de estranhar o golo de Robinho, à passagem do minuto 10, colocando o Brasil na frente do marcador. Perante esta situação, esperava-se uma resposta da Holanda...puro engano! O Brasil continuou a pressionar e impossibilitou por completo qualquer troca de bola, ou movimento ofensivo da Holanda, que sentiu muitas dificuldades para passar o meio campo.

Até ao intervalo, destaque para Robinho e Kaka que poderiam ter dilatado o resultado, facto que traduz o grande domínio exercido pela equipa brasileira e que dava a ideia de "resultado escasso".

No arranque da segunda parte, embora se esperasse uma reacção da Holanda, nada fazia prever o que se passou.

Aos 53 minutos, um cruzamento de Sneijder resultou num desentendimento entre Felipe Melo e Júlio Cesár, tendo o centro campista feito um auto golo neste lance. A Holanda empatava num lance de sorte e o jogo estava relançado.

A equipa brasileira sentiu o golo e Dunga não foi capaz de inverter a situação... (limitou-se a trocar de lateral esquerdo). À passagem do minuto 68, Sneijder fez o 1-2 na sequência de um canto e colocou de joelhos a equipa brasileira... Aconteceu, o que julguei impossível, face à grande primeira parte do Brasil.

Quando chegou a altura de ser o Brasil a ir atrás do resultado, Felipe Melo gritou bem alto: "VAMOS PARA CASA". Agrediu Robben, viu o cartão vermelho e matou qualquer tentativa de reacção da canarinha...

O jogo terminou com algumas oportunidades para a Holanda, que parecia estar a brincar com o Brasil.

1-2 foi o resultado final.

Felipe Melo comprovou o título conquistado esta época de "pior jogador jogador do Calcio" e... Carlos Dunga terá vida difícil no regresso ao Brasil...

Cumprimentos

PS: David Luiz era titular de caras nesta selecção do Brasil.

4 comentários:

Fox disse...

Não vi o jogo, mas pela descrição da primeira parte estava já a ver o Brasil a golear a laranja. Felizmente que no futebol, como disse um certo sábio, prognósticos só no fim e a Holanda conseguiu comprovar o bom futebol da fase de grupos... com uma ajuda do descontrolo do Felipe Melo, que já no jogo com Portugal teve de ser substituído para evitar o vermelho (tava irritado com o Pepe). Se calhar tinha sido melhor ficar em campo...

Manuel disse...

Só venho aqui falar do "P.S". Em relação ao resto do artigo, eu vi o jogo, e concordo.

O David Luiz é um grande jogador e poderá ter, muito certamente, mais potencial que qualquer defesa brasileiro que foi ao mundial devido ao talento e o grande jogador que é e não é isso que venho aqui pôr em causa.

Na minha opinião, dizer que o David Luiz é titular, ou sequer convocado, de caras nesta selecção parece-me algo precipitado e exagerado. O David Luiz na sua curta carreira ainda só deu provas (e que provas!) num campeonato como o Português. Até agora temos visto o David Luiz a fazer grandes jogos contra Porto, Sporting, Braga, Naval, Rio Ave, .... e até mesmo contra um Liverpool e Marselha. Contudo acho que ainda é pouco para se dizer que tinha lugar de caras nesta selecção. O Brasil não tem centrais excepcionais mas tem centrais bons, muito bons e que já deram muitas provas que merecem estar ali. O facto de terem muita experiência também conta.

Quando o David Luiz se tornar o melhor central do mundo (e não falta muito para acontecer) e de ter dado provas do valor que tem perante desafios bem mais difíceis que o campeonato português, já se poderá dizer que, aí sim, é titular de caras na selecção do Brasil e da selecção do Brasil de Todos os Tempos. (Como é óbvio não é necessário ser o melhor central do mundo para se chegar à selecção do Brasil, mas acho que me fiz entender...)

Não quero menosprezar o campeonato português, mas sendo o Brasil um país que fabrica grandes talentos “todos os dias” é natural que o desafio de chegar à selecção brasileira seja muito exigente e requeira grandes reptos!

E assim deixo aqui a opinião de um dos meus jogadores preferidos e dos mais carismáticos que já vi no Benfica.

Antonio disse...

Concordo com o que dizes, mas se formos por aí, muitos dos jogadores que estão nesta selecção não deram provas nenhumas por aí além. Nessa óptima, Luisão e Ramires também não seriam convocados. É verdade que a experiência é um posto, e é por isso que Juan é titular, e também é verdade que estar no AC Milan é um posto e é por isso que Thiago Silva foi convocado.

Contudo, a minha opinião baseia-se simplesmente no que vejo, independentemente do campeonato onde jogam. Nesta época vi o David muitos pontos (mas mesmos muitos pontos) acima de Juan e de Thiago Silva e ainda acima de Luisão.

Ao David pode faltar alguma experiência a nível internacional, mas pelo que jogou esta época e pela qualidade que tem...era titular de caras ao lado do Lucio.

Juan? Ao nível de Tonel... :P

Manuel disse...

Quanto ao Ramires ele deu muitas provas no campeonato brasileiro e consequentemente em jogos pela selecção do Brasil (particularmente na taça das confederações). O Luisão quando chegou ao Benfica, tal como o Ramires, já tinha sido chamado à selecção brasileira. O David Luiz veio da terceira divisão brasileira e foi o Benfica que o fez crescer. Não teve as mesmas oportunidades que os outros dois tiveram. Desconfio que se tivesse ficado no Brasil acabaria por se perder, mas isso já são suposições.

Se ele este ano for para um Real Madrid (esperemos que não) e se continuar a evoluir como tem evoluído, aí sim estará de caras na selecção.

Recordo que apenas vim discordar com o facto de teres dito que ele era "titular de caras" na selecção.

Enviar um comentário

 
Trio Galático. Design by Wpthemedesigner. Converted to Blogger Template by Anshul