Olympique de Marseille 1-2 SL Benfica (agg: 2-3) – Épico, Fantástico Benfica!


Já dizia Luís Piçarra “Ser Benfiquista é ter na alma uma chama imensa”… e que alma enorme tiveram os jogadores do Benfica. Jorge Jesus avisou que a eliminatória seria taco a taco, e foi mesmo, mas o Benfica foi melhor, venceu e convenceu.

O Benfica entrou no relvado do Stade Vélodrome, em desvantagem na eliminatória, mas de forma aguerrida, a mostrar desde cedo que queria vencer e que iria dar tudo pela passagem na eliminatória.

Jorge Jesus delineou para este jogo um Benfica ciente das capacidades da equipa francesa, mostrou trabalho de casa e preparou a equipa para uma verdadeira batalha, num ambiente temível, mas com 2 mil portugueses a apoiar a turma da Luz.
Os minutos iniciais foram intensos e demonstraram a ambição do Benfica em bloquear o jogo do Marselha. Como? Manter a posse de bola e… atacar! Atacar muito e bem!

Ao longo da primeira parte, o Benfica pôs em campo o que sabe e teve algumas situações por marcar, como o lance de Cardozo, em que o Paraguaio difere um autêntico tiro ao poste da baliza de Mandanda. Pelo meio, tempo ainda para o Esloveno da partida fechar os olhos a um penalti claríssimo sobre Ramires…

O intervalo chegou, com a sensação que poderíamos estar na frente e que os seguintes 45 minutos seriam “mata-mata”. O intervalo serviu ainda para mostrar Kardec a aquecer… ninguém esperava o que estava para vir!
Na segunda parte, embora o Marselha tenha conseguido adiantar-se no marcador, só deu Benfica. As “papoilas saltitantes” espalharam o seu futebol, num autêntico vendaval ofensivo, pena as oportunidades desperdiçadas por Cardozo, Di Maria e Saviola.

Aos 75 minutos, Maxi Pereira, a culminar uma exibição de raiva e de bastante qualidade, num remate com alguma sorte à mistura conseguiu igualar a eliminatória e motivar os jogadores do Benfica para uns minutos finais com muita… alma.

Depois do 1-1, o Benfica ficou ainda mais forte e foi em busca do 1-2, resultado que colocaria um final bonito nesta eliminatória. Pelo meio, tempo ainda para Jorge Jesus (depois de muitos protestos) ouvir uma repreensão do árbitro… à qual respondeu com um sorriso, e um bem português “mais um!”.

Kardec ouviu o seu treinador, e aos 90 minutos (cá se fazem, lá se pagam), fez o golo da vitória, com um belíssimo remate cruzado.

Análise aos jogadores:

Júlio César: Teve pouco trabalho e quando foi chamado a intervir, acabou por comprometer. Mas hoje perdoo-te.
Máxi Pereira: Teve um grande Brandão para segurar na primeira parte. Depois de conhecer os movimentos do Brasileiro, meteu-o no bolso e foi em busca da vitória. Marcou o 1-1 e apoiou muito bem o ataque. Grande exibição.
Luisão: Exibição consistente do capitão, a não dar um milímetro aos avançados do Marselha. Enfim, o costume.
David Luiz: Preocupou os benfiquistas com uma queda aparatosa, queda essa que mostrou a sua fibra, pela rápida recuperação. Foi dos melhores em campo…Limpou tudo.
Fábio Coentrão: Muitas preocupações defensivas impediram-no de ser mais acutilante no ataque. Ganhou muitas bolas e foi bastante importante em toda a manobra da equipa.
Javi Garcia: Boa exibição do Espanhol. Javi, não te esqueças de tirar o Lucho do bolso, deixa lá o rapaz em França.
Carlos Martins: Lutou muito, fez bons passes e fez mexer o meio campo do Benfica. Boa exibição do Português, que saiu esgotado.
Di Maria: Não foi o melhor Di Maria da época, mas não deixou de ser um quebra-cabeças para a defesa francesa. Falhou duas oportunidades escandalosas.
Ramires: Brilhante. É um fora de série. Ataca, defende e faz tudo bem!
Saviola: Jogo muito apagado do Argentino. Onde andas Saviola?
Cardozo: Boa exibição. Lutou, trabalhou, rematou e venceu quase todos os duelos entre os centrais. Falhou uma boa oportunidade, mas teve uma exibição pró-equipa fantástica.
Aimar: Entrou para substituir Saviola e deu outra qualidade à equipa. Marselha nunca mais tocou na redondinha. Cobrou o livre que originou o golo de Kardec.
Kardec: Herói do jogo. Já valeu o investimento!
Miguel Vítor: Entrou em tempo de descontos.

Obrigado Jorge Jesus!
Obrigado à equipa técnica!
Obrigado à Direcção!
Obrigado aos jogadores!
Obrigado aos adeptos!

Obrigado Benfica, por esta noite fantástica!

Nota: Quando acabei de escrever este post, o Sporting e o Atlético estavam empatados 2-2. Tenho esperanças que a final da Liga Europa seja um duelo nacional! Como tal, força Sporting!

Deixem sonhar os Portugueses! Que na final, "cheire bem, cheire a Lisboa!"

11 comentários:

Ravenfz disse...

Sinceramente só tenho a acrescentar que a equipa de arbitragem ou foi avisada pelo Sr. Platini ou são mesmo maus!

Depois, aqueles árbitros de linha nem penaltis vêm e pergunto-me qual a sua utilidade... talvez a mesma dos bobinadores de DVD's!

Força Benfica!

Alvas disse...

"Mostra a tua garra, o querer e ambição...Nós só queremos o Benfica campeão!"

Grande jogo do Benfica, resultado peca por escasso, numa noite mais inspirada tinha dado goleada...

Boa sorte para o SCP (Neste momento faltam 15min para acabar)... Fox bem falávamos ontem do Aguero, tem sido uma dor de cabeça.

P.S. Agora já podem mandar vir as equipas a sério, o Marselha também é fraquinho...

Cumps,
Alvas

Anónimo disse...

Eu vim do relvado para aqui, já que naqueles não me deixam sequer cheirar a relva. Quem gere aquela coisa? Sei que há muito gente a escrever bem. Eu até gosto de ler o que os outros escrevem, mas também queria fazer uma perninha. Assim nunca mais deixo de valer Zero. Onde está a democracia?

Anónimo disse...

Com desabafo deixei passar algumas gralhas. Peço desculpa.
AH. Queria acrescentar que hoje gritei até ficar rouco como nos tempos do Eusébio, Coluna, Simões, José Augusto e o Bom Gigante. É que já tenho idade para isso e já estava a ver que a história não se repetia. Porque naquela altura éramos os maiores porque jogávamos futebol. E éramos também, já agora, uma associação democrática, contrariamente aos que propala o nosso pretenso salazarismo bafiento. Quem o diz não conhece nada da nossa história recente e apenas acicata os mais incautos e, infelizmente, menos informados, contra nós.
Bem hajas Benfica pela alegria que me deste! Uma pequena lufada no meio da tristeza que o drama que a minha família atravessou recentemente!

Antonio disse...

Anónimo (tens um nome?)
Quem gere o relvado são os relvas. A edição não tem mão naquilo. Contudo, nem tudo é mau, pois não deixa de ser um espaço muito interessante em que há pessoas com as quais vale a pena discutir futebol.

cumprimentos

Pirlo disse...

O treinador do marselha diz que tava vento na segunda parte! LOOOOL!

Grande vendaval benfiquista!

FORÇA BENFICA! RUMO A HAMBURGO!

Anónimo disse...

Tenho o do Relvado JSMarami: (utilizando a conjugação dos meus dois nomes do meio)

Eu também gosto do que ali se escreve. Como disse. E há consideração por quem sabe ser de um clube (com algumas excepções) Por isso é que eu queria entrar mais. Ou melhor! Entrar pelo menos uma vez. E já escrevi tantas... Bem. Já chega de desabafo.
Deixem-me dizer que estou com os emigrantes portugueses daquela zona. Creio que ali não são muitos. Mas parecerão mais, porque de "peito feito" contra chauvinistas franceses. E bem merecem já que foram inexcedíveis no apoio ao nosso benfica,

Ravenfz disse...

Selo de Qualidade xD

Raul disse...

Grande jogo e grande BENFICA!

Fiquei orgulhoso da atitude e qualidade do jogo que o Benfica fez hoje, o Marselha que é uma grande equipa, tanto a nível individual como colectivo, foi completamente vulgarizado.

Parabéns e obrigado por este grande jogo de futebol!

SLB!

Cumprimentos

Alvas disse...

Pereiras e Pereiras

Fox disse...

Valeram as televisões em Alvalade que ainda permitiram vibrar com o Benfica antes de ver o jogo do Sporting. Não vou referir qual foi a reacção geral ao golo do OM, para não dar razão a quem fala sobre os adeptos do anti-benfica, mas o golo ao fechar do pano fez-me sonhar com 2 clubes portugueses nos quartos de final da UEFA.

... tinha de vir o Kun para desfazer esse sonho.

Enviar um comentário

 
Trio Galático. Design by Wpthemedesigner. Converted to Blogger Template by Anshul